Resenha: O preço de uma lição


Olá galera, como vão vocês? 


Trago para vocês a resenha do livro "O preço de uma lição" da  editora Novo Conceito!!
Nada melhor do que uma resenha em um fim de tarde né?
Espero que curtem!!


Autores: Federico Devito; Gutti Mendonça
Titulo: O preço de uma lição
ISBN: 9788563219664
Selo: NOVO CONCEITO / JOVEM
Ano: 2011
Edição: 1
Número de páginas: 368
Formato/Acabamento: 16x23
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: ROMANCE


Sinopse:


Os meninos são, sim, capazes de amar.

”Tem um ditado que diz que o amor é cego. É justamente o contrário. Quando você ama de verdade, é capaz de ver coisas que ninguém consegue. Falam que você não consegue enxergar os defeitos, pura mentira também! Você vê, estão todos lá. Mas vê também algo que só você pode, como lidar com eles e contorná-los. Então, o amor não é cego, ele é a maior lente de aumento que já inventaram.”

Como acontece esta coisa chamada amor? Nasce junto com a gente, mas não depende só de nós. A gente sofre e faz sofrer, ama e é amado. E com isso aprende muita coisa. Lições que trazem consequências, problemas e soluções.

O preço desse aprendizado transforma o garoto em um homem. Esta narrativa, cheia de incidentes, mostra que — ao contrário do que dizem algumas garotas — os meninos são, sim, capazes de amar.

Quais as transformações que o amor pode provocar na gente? O que ele ensina? Qual o seu preço? Acompanhe a jornada de um jovem, transformado pelo amor, à procura dessas respostas.


Resenha:


Este livro é um pouco complicado de compreender, o começo da história é narrado por um garoto principal que não tem nome. Ele nos conta a suas amizade, ele acaba tendo uma grande amizade de infância com um menino chamado de Paulinho e duas meninas, Claúdia e Manuela. Todos eles por coincidência nasceram no dia 21, nesta formaram o grupo 21. Quando me deparei com isso achei que a história iria se desenrolar nestes personagens principais, mas não simplesmente eles têm uma briga boba e cada um vai para um canto, o seus amigos acabam decidindo se mudar para outros países. A partir daí o personagem principal começa a crescer e a contar o seus vários romances. Esses romances são muito engraçados, este inicio de história é muito bom mesmo, para quem é jovem gostou muito...

Após ele ter passado tantas coisas ele conhece Juliana e é amor a primeira vista, faz de tudo para conquista-la e consegue. Os dois juntos é muito lindo, gostei demais mostrou realmente que nós garotos somos capazes de amar sim! A sociedade tem vários ditados machista de que " Os homens não choram" Entre outros, mas isso não é verdade todos nós sentimos sim! Os autores estavam indo até que muito bem na história, mas a partir do meio do livro.....Fica Complicado

A leitura se torna super cansativa, com coisas que não precisa vários detalhes desnecessários, parece até que os autores começam a se perderem na história o livro estava indo de uma jeito, quando drasticamente muda muito rápido. Fica complicado para ler, e infelizmente até o fim fica na mesma linha. O que conseguiu salvar um pouco foi  a justificativa do último capítulo.

Estava gostando muito mesmo do livro até a metade, fiquei um pouco decepcionado. Os autores tinham tudo nas mãos para fazerem uma linda história, mas não aproveitaram. 

Apesar de tudo, foi sim uma boa leitura. Consegui dar bastante risada no começo, gostei dos sentimentos do personagem principal, e consegui tirar uma boa lição com o capítulo final!

Abaixo, um trecho que eu gostei muito do livro:

Capítulo 8 Eu amo você! página 97 
Naquele momento fui invadido por um sentimento que jamais havia sentido. Ela voltava como se andasse em câmera lenta. Senti um aperto no peito, um aperto bom, uma felicidade inexplicável que tomou conta de todo o espaço que havia em mim. Lembrei-me de Melissa, da Franz, da Sara, de todas as outras e tive certeza! Nunca tinha amado ninguém! Era Juliana quem eu amava de verdade.
Ali, descobri o significado da palavra amor. Soube finalmente porque existem tantas explicações de tantos poetas diferentes para uma mesma palavra. É impossível explicar, é algo que só pode ser entendido por quem sente. É uma alegria que não se imagina que possa ser sentida com tanta intensidade. Você deseja tudo de melhor para aquela pessoa, você quer se entregar e fazer de tudo por ela e, mesmo que aquilo te custe o maior sofrimento do mundo, acha que é um preço justo para ver a pessoa sorrir, mesmo por um instante. A impressão que dá é não caber tanto sentimento assim em você...

Indico a pessoas que gostem de livros adolescentes, bem românticos...

Comentem muito...
Abraços!!

David.H.S

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha de filme: O labirinto do Fauno

Resenha de filme: Os Outros

Resenha de Filme: A mão que Balança o Berço